jueves, 20 de septiembre de 2012

Comunidade Santo Agostinho - Moçambique


A comunidade foi fundada no dia 31 de maio de 1995 como resposta à nossa dimensão missionária além-fronteiras e como gesto de partilha daquilo que somos e temos com os nossos irmão moçambicanos, especialmente da Diocese de Inhambane. Iniciam esta missão as Irmãs Evanilda de Jesus Coelho da Costa, Antonia Eribe e Ana Fátima Mendonça.

O ano de 1995 é consagrado à inserção na realidade africana e busca de um campo de trabalho que respondesse às reais necessidades da região. As Irmãs iniciam a dinâmica da inculturação: o contato com o povo de quem recebem uma calorosa acolhida, o estudo da língua e cultura local, o conhecimento do trabalho pastoral que vinha sendo realizado pelos Missionários da Consolata e catequistas africanos, e os trâmites necessários para a abertura da Escola Secundária Padre Gumiero.

Em 1996, as Irmãs, juntamente com os Missionários da Consolata, dão início às atividades da Escola. Dificuldades? Não foram e não são poucas.  Entretanto, os bons resultados têm sido muitos. Em 1997, com o fim de favorecer aos adolescentes e jovens da redondeza e até mesmo de todo o país, abriram-se dois internatos: um para as meninas e outro para os meninos. A comunidade de Mapinhane vive a intercongregacionalidade com a presença da Irmã Marilda, franciscana recoletina que desde 1999 participa desta missão.

No hay comentarios:

Publicar un comentario